Hoje há muitas famílias desestruturadas, desintegradas e infelizes. São pais separados, filhos rebeldes, desentendimentos entre pais e filhos, e por aí vai. Na área financeira, nem se fala, pois a crise é constante. Os problemas nas famílias podem causar envolvimento com drogas, violência, prostituição e imoralidade. Ninguém deseja essas coisas para seus familiares, mas é que o que está acontecendo em muitos lares.

Contudo, quando lemos a Bíblia, percebemos que as pessoas não precisam ter uma família infeliz, nem desintegrada. Basta não seguir as influências de pessoas sem Deus, ter satisfação na Palavra e seguir a suas orientações. Conforme o salmista, “Como é feliz aquele que não segue o conselho dos ímpios, não imita a conduta dos pecadores, nem se assenta na roda dos zombadores! Ao contrário, sua satisfação está na lei do Senhor, e nessa lei medita dia e noite. É como árvore plantada à beira de águas correntes: Dá fruto no tempo certo e suas folhas não murcham. Tudo o que ele fez prospera!”(Sl:1-3).

São orientações simples que, obedecidas, funcionam na nossa vida. Portanto, deixe de seguir o conselho das pessoas que não conhecem a Deus, nem imite a conduta dos que não possuem bons princípios. Pelo contrário, medite na lei do Senhor, isto é, assimile o que diz a Palavra de Deus e pratique-a.

O texto de hoje diz que quem obedece a Deus será feliz e contará com a benção do Senhor, não somente ele, mas também a sua família. Tal pessoa terá sucesso e muitos filhos (isso era a maior benção que um israelita poderia esperar). Não é maravilhoso? Tudo isso pode ser uma realidade na sua vida e na sua família. Para que isso aconteça, é preciso temer ao Senhor, ou seja, ter um profundo respeito por Deus e ao que ele diz, viver buscando agradá-lo.

A obediência a Deus é fonte de paz e felicidade na família.